Princípio de incêndio causa tumulto na Medicina da USP

Um princípio de incêndio causou tumulto hoje de manhã na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), na Avenida Doutor Arnaldo, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo. O fogo começou às 11 horas no Laboratório de Emergências Clínicas, onde estavam cerca de 30 pessoas, e foi provocado por um curto-circuito no sistema de ar condicionado. Houve correria e o prédio foi esvaziado. Os bombeiros foram acionados e o fogo foi rapidamente controlado. Não houve feridos nem grandes danos ao laboratório.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.