Prioridade será gerar emprego e renda, diz Alckmin

O candidato à Presidência pela coligação PSDB-PFL, Geraldo Alckmin, disse nesta sexta-feira em entrevista ao Jornal da Record que prioridade número um de seu governo será a geração de emprego e renda. Ele prometeu cortar gastos supérfluos, desperdício e corrupção, para diminuir impostos e a taxa de juros.Alckmin criticou a política econômica e a taxa de crescimento do Brasil. Questionado sobre como irá abaixar a taxa de juros básica, o tucano afirmou que implantará, se eleito, uma "política fiscal de melhor qualidade". "O governo gasta muito, gasta mal, a carga tributária está chegando a quase 40% do PIB, aí o único meio para controlar a inflação é a taxa de juros. E o Brasil não cresce", criticou Alckmin, que comparou a taxa de crescimento econômico brasileiro com as de outros países da América Latina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.