Procissão de Navegantes reúne cem mil fiéis em Porto Alegre

Cerca de cem mil pessoas participaram da procissão de Nossa Senhora dos Navegantes, nesta segunda-feira, em Porto Alegre. Durante a manhã, os fiéis percorreram a pé os cinco quilômetros entre a Igreja do Rosário, no centro, e a Igreja de Navegantes, na zona norte da cidade. Ao mesmo tempo, cerca de cem embarcações acompanharam o percurso pelo rio Guaíba. A procissão fluvial, suspensa há 16 anos por razões de segurança, foi retomada há quatro anos por moradores das ilhas próximas à capital gaúcha e não faz parte da programação oficial da festa. Os organizadores consideram a Festa de Navegantes a segunda maior romaria religiosa do País, atrás apenas do Círio de Nazaré, de Belém.Eles calculam que os traslados da imagem de Nossa Senhora dos Navegantes para a Igreja do Rosário, em janeiro, a procissãode volta à Igreja de Navegantes, dia 2 de fevereiro, a missa campal e a festa atraem cerca de um milhão de pessoas.Entre os fiéis que participaram da procissão estava um grupo de ciclistas que saiu de Curitiba e percorreu 800 quilômetrospedalando.Um deles, Vítor Pereira Filho, de 70 anos, contou que fez a promessa de viajar todos os anos a Porto Alegre quando foi curado de uma grave enfermidade. O ministro das Cidades, Olívio Dutra, repetiu o ritual que faz há 30 anos e caminhou entre os fiéis.Desta vez, pediu saúde para a mulher, Judite Dutra, que havia sido levado ao hospital no final de semana para tratar de uma crise provocada por cálculos na vesícula. O governador Germano Rigotto e o prefeito João Verle também acompanharam a procissão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.