Procon faz operação nas empresas de ônibus do Rio

Medida foi tomada após a série de acidentes e irregularidades envolvendo os coletivos da cidade

Heloisa Aruth Sturm, O Estado de S. Paulo

10 Maio 2013 | 11h21

RIO - Após a série de acidentes e irregularidades envolvendo os ônibus do Rio de Janeiro, o Procon realiza, na manhã desta sexta-feira, 10, uma operação nas garagens das empresas da cidade. Até o momento, 22 veículos foram impedidos de circular, por problemas de documentação ou de manutenção - ausência de cinto de segurança para o motorista, bancos soltos ou pneu careca.

A fiscalização, batizada de "Roleta Russa", está sendo feita nas empresas Jabour, em Campo Grande (zona oeste), Transportes Vila Isabel e Estrela Azul, em Vila Isabel (zona norte) e Paranapuan, na Ilha do Governador, viação envolvida no acidente ocorrido na Avenida Brasil no dia 2 de abril, quando um de seus veículos despencou de um viaduto, deixando 8 mortos. Poderão ser aplicadas multas no valor entre R$ 480 e R$ 7,2 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.