Procurador atropela 4 em ponto de ônibus de MG

Um homem morreu e outras três pessoas ficaram feridas na noite de sábado, em Belo Horizonte, atropeladas por um carro em alta velocidade dirigido pelo procurador de Justiça Francisco Viana Furquim Werneck, de 62 anos. Segundo a Polícia Militar, as quatro vítimas estavam em um ponto de ônibus na avenida Nossa Senhora do Carmo, uma das mais movimentadas da Zona Sul. Francisco dirigia um jipe Cherokee, descendo a avenida, quando teria perdido o controle do veículo e subido na calçada.Osvaldo Laurindo, de 56 anos, morreu na hora e as outras três pessoas, não identificadas, foram atendidas no Pronto Socorro do Hospital João XXIII. Nenhuma delas corria risco de vida e, até o final desta tarde, duas haviam sido liberadas. O procurador foi levado por policiais militares à delegacia do Departamento de Trânsito de Minas (Detran-MG) e prestou depoimento. Também realizou exame de sangue para constatar eventual ingestão de bebidas alcoólicas. O resultado deve sair em dez dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.