Procurador do AM teria contratado assassino para matar rival

O procurador-geral de Justiça licenciado do Amazonas, Vicente Cruz foi preso na madrugada desta terça-feira, 9. Ele teria contratado um pistoleiro para matar o procurador Mauro Campbel, que também concorre à eleição para procurador-geral do Ministério Publico no Estado. Gravações das conversas de Cruz com o suposto pistoleiro estavam sendo gravadas há mais de uma semana pela polícia, que investigava ameaças de morte contra Marques. O crime seria cometido no réveillon. Segundo a assessoria da polícia civil no Amazonas, Cruz estaria detido no Ministério Público Estadual à disposição da Justiça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.