Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

Procuradoria abre inquérito para investigar morte de italiana na Bahia

Vítima trabalhava como garçonete em Morro de São Paulo e foi achada morta em sua casa na quinta-feira, 17; causa não foi esclarecida

O Estado de S.Paulo

23 Novembro 2016 | 07h47

SÃO PAULO - A Procuradoria da Província de Ragasa, na Sicília, abriu inquérito para investigar a morte da turista italiana Pamela Canzonieri, de 39 anos, em Morro de São Paulo, na Bahia. A vítima era natural dessa província.

A italiana trabalhava como garçonete e foi achada morta em sua casa na quinta-feira, 17. A causa da morte não foi esclarecida. De acordo com a polícia, o corpo exibia marcas e há possibilidade de uso de drogas - o que foi negado pelo pai da vítima.

O procurador Carmelo Petraglia diz que o objetivo do inquérito é ajudar a polícia local a realizar investigações "independentes". /COM INFORMAÇÕES DA AGÊNCIA BRASIL E DA AGÊNCIA ANSA

Mais conteúdo sobre:
BahiaSÃO PAULOBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.