Produto fino tem espaço na vitrine

A atriz Flávia Alessandra e o estilista Fause Haten são fãs dos lençóis italianos, de algodão egípcio

Valéria França, O Estadao de S.Paulo

02 de dezembro de 2007 | 00h00

No meio de tanta tranqueira, o paulistano também encontra o que há de melhor na maior rua de comércio popular do País. A 25 de Março tem lojas especializadas em cristal Swarovski, espelho da Bohemia e lençóis de algodão egípcio, que de tão macio parece seda. E até nesse tipo de mercadoria a região acena com preços menores. São as peças selecionadas que atraem o público diferenciado. Casa de roupas de cama, mesa e banho, a Sabie tem clientes como a atriz Flávia Alessandra e o estilista Fause Haten. A linha preferida deles é a de lençóis italianos, de algodão egípcio, de mil fios (R$ 1,2 mil). Já os cristais ficam por conta da Laskani Importadora Ltda, na Rua Comendador Abdo Schahin, que vende lustres completos ou pedras usadas na decoração de sapatos, móveis, roupas e bijuterias. Para chegar a esses endereços, é preciso conhecer muito bem a região. A Laskani, por exemplo, fica no segundo andar de um prédio. Cada edifício abriga inúmeras salas que oferecem mercadorias muito diferenciadas. A dica é bisbilhotar. As lojas que vendem mercadorias baratas como bolsas de plástico envernizadas, tão em voga, são encontradas em quase toda loja de acessórios. Até camelô vende. Mas bolsas de couro não se encontram assim fácil. A Peixoto, na própria Rua 25 de Março, é uma delas. Ali uma bolsa big de couro sai por R$ 300. No shopping, uma parecida custa o dobro do preço. "O critério é comprar o que é bom ", diz a lojista Nilsana Chiodini, de 40 anos, de Santa Catarina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.