Produtora de cinema de Paula Lavigne é assaltada no Rio

O escritório da gravadora e produtora de cinema Natasha, na Gávea, zona sul do Rio, foi assaltado ontem por homens armados de pistolas. A empresa pertence à Paula Lavigne, mulher do compositor Caetano Veloso. Ela estava no local, mas, segundo testemunhas, os ladrões não entraram em sua sala.Os criminosos estavam bem-vestidos. Ao chegarem ao escritório, no fim da tarde, ameaçaram os funcionários e perguntaram quem era a administradora da empresa, que foi agredida. Eles roubaram R$ 20 mil usados na produção do filme O Coronel e o Lobisomem, os telefones celulares de funcionários, que foram trancados em um banheiro, e o laptop e a câmera de um produtor.Toda a ação durou cerca de 15 minutos. Ao fugirem, os assaltantes ainda levaram a fita das câmeras de segurança que registram o movimento na empresa. Os funcionários viram apenas três ladrões, mas há suspeitas de que outros tenham participado do crime.Paula Lavigne disse ter percebido que algo errado estava acontecendo na produtora, mas não saiu de sua sala. Ela afirmou que o assalto não vai alterar seu cotidiano. "Não vou mudar meu estilo de vida. Vou continuar vivendo no Rio de Janeiro".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.