Professor de Kung Fu e Ioga é assassinado na porta de casa

A polícia ainda não sabe o que levou dois desconhecidos, em uma moto, a matar Edilson Soares de Souza, de 50 anos, que ministrava aulas de Kung Fu e Ioga na cidade de Jandira, na Grande São Paulo.Passava do meio dia de domingo quando Souza, na porta de casa, localizada na Rua Palmeiras d´Oeste, no Jardim Tereza, lavava sua moto e foi surpreendido pela dupla, que fez vários disparos, atingido três deles na cabeça da vítima.Segundo parentes e amigos de Edilson, ele era uma pessoa extremamente calma, não tinha desavenças com ninguém, desenvolvia programas de exercícios físicos para idosos, tinha mais de 200 alunos, era responsável pelo programa de limpeza do tablado da cidade, e costumava ensinar Filosofia durante suas aula.Além disso dava aulas na rede pública e na Academia Shaolin, situada junto à casa dele. O enterro de Souza ocorre nesta segunda-feira no cemitério da cidade. Até o início desta madrugada de segunda-feira, os autores do crime seguiam foragidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.