Professor desaparecido é encontrado carbonizado

A polícia de Alagoas confirmou que o corpo encontrado, acorrentado e carbonizado nesta quarta-feira pela manhã, em um canavial na zona rural de Satuba, a 48 quilômetros de Maceió, é do professor Paulo Henrique Bandeira, que lecionava no Colégio Marister e estava desaparecido desde a última segunda-feira.Ele foi encontrado dentro de seu carro com as mãosacorrentadas ao volante, o tronco acorrentado ao banco e os pés acorrentados aos pedais, completamente carbonizado, por isso foi difícil a identificação da vítima.Há suspeita de que o motivo do assassinato teria sido em função de denúncias de desvio de verbas do Fundef da Prefeitura de Satuba. Paulo Henrique lecionava também em uma escola municipal da prefeitura de Satuba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.