Professor é espancado até a morte em Ibitinga

O professor de matemática Rodrigo Biava, de 34 anos, foi morto hoje pela madrugada, pouco depois de sair de um baile que se realizava num sítio de Ibitinga. Seu corpo foi encontrado pela manhã em meio a uma plantação de laranjas, depois que a polícia foi acionada por amigos que o viram sendo abordado por três indivíduos. Assim que foi avisada do possível seqüestro do professor - figura bastante conhecida na cidade - a polícia passou a patrulhar a região e acabou prendendo os três rapazes hoje: os irmãos Moisés e Daniel da Silva, de 21 e 22 anos, e Cleber Luiz Ventura, de 22 anos, que confessram ter espancado a vítima até a morte. A polícia agora investiga a causa do crime, que pode ter sido tentativa de furto do veículo e dos pertences do professor. A presença e o consumo de drogas também é uma possibilidade investigada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.