Professor é ferido ao separar briga de alunos no RS

Incidente aconteceu numa escola da cidade de Vacaria; professor teve que passar por cirurgia

Elder Ogliari, de O Estado de S.Paulo,

19 de março de 2008 | 22h14

O professor Ozório Alceu Feline, de 45 anos, sofreu uma facada no abdome quando tentava separar duas adolescentes que estavam brigando no pátio da Escola Técnica Estadual Bernardina Rodrigues Padilha, em Vacaria, no nordeste do Rio Grande do Sul, na segunda-feira, 17. Feline passou por uma cirurgia e permanecia internado no Hospital Nossa Senhora da Oliveira, em estado regular, no final da tarde desta quarta-feira, 19.   O incidente começou com um desentendimento entre as alunas, que começaram a trocar tapas. Feline se aproximou e tentou fazer com que as duas se afastassem. Um rapaz, identificado como namorado de uma das moças, se aproximou e pediu que o professor não se metesse. Na seqüência, feriu Feline com um objeto cortante.   O agressor ainda não foi preso. Nesta quarta-feira, depois de uma reunião com o Ministério Público e o Conselho Tutelar, a Brigada Militar   decidiu colocar um soldado para vigiar permanentemente o pátio onde ocorreu a briga e aumentar a vigilância em todo o bairro onde fica a escola. As aulas, que estavam suspensas, foram retomadas no início da tarde.

Tudo o que sabemos sobre:
Violência escolarProfessor ferido

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.