Professor encontrado morto a tiros em Santo André (SP)

Foi encontrado morto, com vários tiros, pouco antes das 22 horas de domingo, em Santo André, no ABC paulista, o professor Edson Isídio da Silva, de 36 anos. O corpo da vítima estava na Av. Valentim Magalhães, na Vila Progresso. O carro Citroën Xsara preto, placas CVA-3266, que pertencia ao professor estava cerca de 200 metro de onde os policiais militares encontraram seu corpo. O veículo tinha perfurações de projéteis de arma de fogo e marcas de sangue. Segundo a polícia, tudo indica que ele foi baleado no próprio carro e tentou fugir a pé, sendo perseguido pelo criminoso. Ao alcançá-lo o homicida o atingiu com mais tiros executando-o no local. Edson Isídio da Silva pode ter sido assassinado por assaltantes ou num ato de vingança, dizem fontes policiais. As investigações desse crime, registrado no 4º Distrito Policial de Santo André, estão a cargo de agentes do Departamento de Homicídios da Delegacia Seccional local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.