Professor universitário é assassinado em Franca

A polícia de Franca, na região de Ribeirão Preto, continua investigando a morte do professor de literatura brasileira da Universidade de Franca (Unifran), Nélson dos Santos Damasceno, de 36 anos, encontrado ontem em sua casa, amarrado e com o pescoço cortado. A PM chegou à casa do professor, no Jardim São Francisco, após encontrar o seu Logus abandonado em outro bairro. Damasceno foi encontrado amarrado numa cadeira e com o travesseiro à frente do rosto. Uma faca, provavelmente usada para matá-lo, foi encontrada na residência. Além do veículo, teriam levado o seu telefone celular e um aparelho de DVD. O corpo de Damasceno, que também era escritor, foi sepultado hoje de manhã na cidade vizinha Itirapuã. A família da vítima desconhece se ele teria inimigos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.