Professora baleada por aluno terá alta nesta quinta e divulga mensagem

Em mensagem divulgada pela assessoria do HC, ela agradece carinho e dedicação

Solange Spigliatti, estadão.com.br

29 Setembro 2011 | 12h33

SÃO PAULO - A professora Rosileide Queirós Oliveira, de 38 anos, baleada por um aluno na semana passada, deve receber alta do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas na tarde desta quinta-feira, 29. Ela passou por uma cirurgia ortopédica na rótula esquerda na tarde de ontem.

A professora foi baleada na região posterior do lado esquerdo na altura do quadril por D., de 10 anos, na semana passada, dentro da escola. Após ser baleada, ela caiu, machucando o joelho. Após exames, foi detectado uma fratura no local, que foi imobilizado.

Rosileide seria ouvida na manhã desta quinta-feira, pela delegada Lucy Mastellini Fernandes, da Delegacia de São Caetano, que não compareceu ao hospital. A professora ainda deve prestar depoimento à polícia.

Antes de ter alta, a professora divulgou uma carta à imprensa, agradecendo a todos que a socorreram, aos funcionários do HC e aos alunos e familiares. Abaixo a íntegra da nota:

"Boa tarde

Agradeço a Deus por estar aqui! Gostaria de agradecer a equipe do Águia e da Polícia Militar que me prestaram os primeiros socorros, aos professores e funcionários da escola que me ajudaram, a todos do HC pelo ótimo atendimento.

Agradeço aos alunos do Alcina e familiares pelo carinho e dedicação.

Que Deus dê força para todos nós!

Obrigada

Rosileide Q. De Oliveira (prof. Rosi)"

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.