Professora é condenada a pagar R$ 5 mil por puxar orelha de aluno

Juiz afirma que profissional agiu de forma excessiva e vexatória

João Paulo Carvalho, estadão.com.br

05 Agosto 2011 | 18h10

SÃO PAULO - Uma professora da rede estadual do Rio de Janeiro foi condenada a pagar R$ 5 mil por danos morais a um aluno por lhe dar um puxão de orelha na sala de aula.

 

No processo, o menino, representado por sua mãe, Eucinéa de Souza, conta que a professora Eliane Luiz Fernandes o puxou pela orelha e o arrastou até o lugar onde achava conveniente que ele se sentasse. Em seguida, ela teria afirmado para os demais alunos: "que isso sirva de exemplo para vocês".

 

Para o juiz Milton Delgado Soares, da 2ª Vara Cível de Itaguaí, a forma pela qual a professora tentou repreender o aluno foi extremamente excessiva e vexatória para uma criança em formação educacional, já que ocorreu na presença de todos os seus colegas de classe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.