Professora foi morta a mando do marido

A polícia de Colombo, cidade localizada na região metropolitana de Curitiba, prendeu ontem Francisco Mariano da Silva Júnior, de 18 anos, e Douglas Cândido, de 20, que confessaram o assassinato da professora de educação física Sílvia Regina da Silva, no mês passado. Ela foi morta na Escola Municipal Antônio Prado, na frente de seus alunos, em Almirante Tamandaré. Segundo a polícia, eles informaram ter recebido R$ 1 mil de Daniel Ângelo da Silva, marido da vítima.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.