Professores da rede municipal decidem manter greve no Rio

Diretoria de sindicato participa em Brasília de audiência com ministro do STF

Adriano Barcelos, O Estado de S. Paulo

22 Outubro 2013 | 15h28

RIO - Em assembleia no Club Municipal, no bairro da Tijuca, zona norte do Rio, os professores da rede municipal decidiram nesta terça-feira, 22, permanecer em greve, pelo menos até a sexta-feira.

A diretoria do Sindicato dos Profissionais de Ensino do Estado do Rio (Sepe) está em outra frente, em Brasília, onde haverá na tarde desta terça uma audiência com o ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux, que tenta mediar uma solução negociada para o conflito entre professores das redes municipal e estadual, a prefeitura carioca e o governo do Estado. Profissionais de ensino do Estado e do município estão em greve desde 8 de agosto.

Mais conteúdo sobre:
Professores Rio greve

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.