Professores da rede municipal fazem passeata no Rio

Docentes estiveram reunidos em assembleia durante a manhã e decidiram manter a paralisação iniciada no dia 8

Clarissa Thomé, O Estado de S. Paulo

20 de agosto de 2013 | 12h57

RIO - Cerca de 8 mil professores da rede municipal, segundo a Polícia Militar, fazem passeata na Tijuca, zona norte do Rio, em direção à Prefeitura, no centro. Eles estiveram reunidos em assembleia durante a manhã e decidiram manter a paralisação, que começou no dia 8 de agosto. Outra assembleia está marcada para sexta-feira, 23. O Sindicato Estadual de Profissionais de Educação do Rio de Janeiro (SEPE-RJ) fala em 20 mil manifestantes.

Por causa do ato, muitos comerciantes da rua Haddock Lobo fecharam as portas. Quando o grupo passou em frente à Escola Municipal Professor Mario Claudio, gritou "Vem pra rua, vem".

A Prefeitura ameaçou cortar os pontos dos professores a partir dessa segunda-feira, 19. Por volta das 12h15, eles interrompiam o trânsito da Rua Haddock Lobo. Um trio elétrico vai na frente da passeata. A PM acompanha o protesto sem intervir.

Tudo o que sabemos sobre:
protestoprofessoresrio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.