Professores do Rio terão treino para lidar com tiroteios

Secretaria de Educação da cidade afirma que intenção é fazer funcionários atuarem de forma apaziguadora

Talita Figueiredo, O Estado de S.Paulo

05 Novembro 2009 | 10h27

A Secretaria Municipal de Educação do Rio vai treinar professores para lidar com situações de emergência, entre elas tiroteios. A informação foi dada na quarta-feira, quando 13 mil alunos tiveram as aulas prejudicadas por causa de confrontos entre traficantes rivais e policiais na Vila Kennedy, zona oeste da cidade.

 

Veja tambem:

linkOperação da PM prende seis e fere um na zona oeste do Rio

 

A nota da pasta informou que a intenção capacitar funcionários das escolas para "terem uma atuação apaziguadora deixando crianças mais calmas e seguras em possíveis situações de pânico" conforme ocorre em diversos países.

 

Na semana passada, funcionários de uma escola municipal no complexo da Penha, zona norte do Rio, ficaram aglomerados numa escada durante um intenso tiroteio. Balas de fuzis perfuraram paredes. Em 20 de outubro, dois homens armados invadiram de uma escola em Manguinhos, zona norte, numa tentativa de fuga durante operação policial.

 

Segundo a secretaria ainda não há cronograma para o treinamento, que deve começar no ano que vem. O município tem 1.064 escolas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.