Professores e universitários são presos com drogas

Grupo de 43 pessoas de classe média alta estava a caminho de rave

Rayder Bragon, BELO HORIZONTE, O Estadao de S.Paulo

29 de dezembro de 2007 | 00h00

Cerca de 330 comprimidos de ecstasy e 330 cartelas de micropontos de LSD, além de 150 gramas de cocaína e 600 gramas de haxixe, foram apreendidos anteontem à noite pela Polícia Militar de Minas, dentro de um ônibus de turismo fretado que transportava estudantes e professores universitários de Belo Horizonte para uma festa rave que será realizada em uma cidade baiana.Os 43 passageiros do ônibus foram presos e, conforme a Polícia Militar, a maioria pertence à classe média alta da capital mineira. Uma denúncia anônima permitiu o cerco ao ônibus, quando o veículo trafegava pela BR-381, que liga Belo Horizonte ao leste de Minas, perto do trevo da cidade de Caeté, de acordo com relato dos policiais.Segundo a polícia, as substâncias apreendidas seriam revendidas pelos suspeitos presos em evento denominado como Universo Paralelo - Festival de Arte e Cultura Paralela, que ocorrerá no município de Ituberá, litoral sul da Bahia, durante as festas de ano-novo. Presos, os suspeitos foram conduzidos à Divisão de Tóxicos e Entorpecentes da Polícia Civil de Minas e deverão responder a um processo por tráfico de drogas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.