Professores invadem plenário da Câmara de Goiânia e vereadores correm

Grevistas acompanhavam votação de projeto sobre auxílio-locomoção para a categoria

Marília Assunção, Especial para o Estado

08 Outubro 2013 | 12h35

GOIÂNIA -  Centenas de professores e servidores administrativos da rede municipal de ensino de Goiânia, que estão em greve há 15 dias, invadiram o plenário da Câmara dos Vereadores no fim da manhã desta terça-feira, 8, causando correria entre os parlamentares. Os professores estavam nas galerias acompanhando a votação de um projeto que trata de auxílio-locomoção, no valor de R$ 319, que eles querem ver universalizado, e não pago a apenas 40% da categoria.

Quando a votação empatou, os manifestantes concluíram que seriam derrotados porque o desempate cabe ao líder do prefeito Paulo Garcia, contrário à reivindicação, e decidiram invadir. Os vereadores se refugiaram em uma sala anexa e a Guarda Municipal foi acionada.

Mais conteúdo sobre:
protestos professores Goiânia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.