Professores protestam no Palácio dos Bandeirantes

Cerca de 250 professores estão realizando uma manifestação na frente do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual, na Avenida Morumbi, zona sul. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego, o protesto causa prejuízo ao trânsito. Há uma previsão de que 1,2 mil pessoas se concentrarão no local. O setor de Comunicação Social do Palácio dos Bandeirantes informou que a Apeoesp - entidade que reúne os professores da rede pública do estado - marcou uma manifestação contra a paralisação do programa de inclusão digital, pelo qual o governo financia metade do custo de computadores para professores da rede estadual. A Apeoesp acionou a Justiça para questionar o programa em alguns pontos e obteve liminar favorável. Segundo a assessoria, por causa da liminar, o programa teve de ser parado até que a Justiça decida sobre o assunto. Professores que tinham o direito de receber os computadores chegaram a ameaçar o desligamento da entidade, em sinal de protesto. Não está descartada a hipótese de representantes do governo receberem uma comissão de professores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.