Promotor de eventos morre baleado em tentativa de assalto

O promotor de eventos Valter Botino Junior, de 27 anos, morreu hoje de madrugada com pelo menos um tiro de fuzil na cabeça em uma tentativa de assalto em Olaria, na zona norte do Rio. Ele dirigia um Cherokee quando foi abordado. Em depoimento à polícia, dois funcionários do promotor que estavam no carro no momento do crime disseram que não viram quantos bandidos efetuaram os disparos, pois se abaixaram para se proteger dos tiros. Segundo a polícia, Junior voltava de uma festa quando parou em um sinal, por volta das 6h. O promotor estava falando ao telefone e, por isso, não atendeu a ordem dos bandidos. O sinal abriu e ele arrancou, sendo baleado em seguida. De acordo com policiais do 16º Batalhão (Olaria), Junior morreu na hora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.