Promotor de Minas ouve menor envolvido no desaparecimento de Eliza

Jovem foi transferido do Rio; promotor ainda não sabe se vai enviar representação contra adolescente

Eduardo Kattah e Priscila Trindade - estadão.com.br,

13 de julho de 2010 | 17h35

BELO HORIZONTE - O adolescente de 17 anos, primo do goleiro Bruno Fernandes, suspeito no desaparecimento de Eliza Samudio, foi ouvido na tarde desta terça-feira, 13, na Vara da Infância e da Juventude de Contagem, na região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais.

 

Veja também:

linkPolícia poderá ouvir Fernanda, outra amante de Bruno

linkSuspeito de matar Eliza só vai falar em juízo, diz advogado

linkJovem muda depoimento e incrimina Bruno

especialCronologia do caso

 

O jovem foi transferido hoje do Rio de Janeiro para Minas Gerais, onde foi ouvido pelo promotor Leonardo Barreto, por volta das 16 horas. Barreto ainda vai decidir se vai enviar uma apresentação à Justiça contra o jovem. O menor ainda pode ser ouvido hoje por um juiz.

 

A delegada Ana Maria Santos, chefe da Delegacia de Homicídios de Contagem, ressaltou que familiares do menor procuraram os delegados e formalizaram o interesse de que ele fique em Minas.

 

"A mãe do menino já está em Minas Gerais também, praticamente de mudança", afirmou, admitindo que poderá ser feita uma acareação entre J. e Sérgio Rosa Sales, para esclarecer divergências nas versões apresentadas nos depoimentos dos dois primos de Bruno.

Tudo o que sabemos sobre:
caso BrunoEliza Samudio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.