Promotor mata rapaz e deixa outro ferido no litoral de SP

O promotor Thales Ferri Schoedl, de 26 anos, foi autuado em flagrante depois de disparar contra dois rapazes na Riviera São Lourenço, litoral paulista, nesta madrugada. Thales Ferri saía com a namorada de um luau, por volta de 4 horas da manhã quando, por causa de uma briga que teria sido iniciada ainda dentro da festa, disparou contra Diego Mendes e Felipe Siqueira Cunha, ambos de 20 anos. O primeiro morreu e o segundo está internado no Hospital Santo Amaro, no Guarujá. Thales Ferri foi preso na casa dos pais, na Riviera de São Lourenço, onde passava a temporada, e levado para a delegacia de Bertioga. Uma investigação foi iniciada para esclarecer as circunstâncias do crime. Segundo explica o presidente da Associação Paulista do Ministério Público, João Antônio Garreta Prats, a lei determina que, sendo promotor, Thales Ferri deverá ser apresentado ao procurador-geral de Justiça de São Paulo, Rodrigo Pinho. "O que procuramos é absoluta legalidade", diz Garreta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.