Promotor que matou 3 ganha cargo em SP

O promotor Wagner Juarez Grossi, de Araçatuba - que responde por triplo homicídio culposo -, será transferido para a 2ª Promotoria Cível do Tatuapé, na zona leste da capital. A decisão, vista como "promoção", foi tomada ontem pelo Conselho Superior do Ministério Público. Em outubro do ano passado, três pessoas de uma mesma família morreram atropeladas pelo promotor. Ele estava em alta velocidade, na contramão e, segundo policiais, embriagado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.