Promotora é perseguida por homens armados no ES

Coordenadora interina do Grupo de Repressão ao Crime Organizado do Espírito Santo, a promotora Angela Modanesi foi perseguida, em Vila Velha, por dois homens em uma moto. Com um deles, que foi preso, a polícia apreendeu uma pistola Magnum 357. Angela chegava de Vitória e estava parada em um sinal de trânsito quando notou a aproximação. Pelo retrovisor, a promotora recebeu um sinal do segurança que a acompanhava em outro veículo para seguir em frente. Continuou a ser perseguida e foi fechada pela moto, que subiu numa calçada. Uma patrulha da PM passava pelo local e foi acionada. O procurador geral do Espírito Santo, José Maria de Oliveira Filho, afirmou em entrevista que atos como esse não vão intimidar a missão especial que atua no Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.