Promotoria em Roraima é alvo de investigação

O Conselho Nacional do Ministério Público instaurou investigação para apurar omissão do Ministério Público Estadual de Roraima no caso da transferência da TV Caburaí, que pertencia à Fundação de Promoção Social e Cultural de Roraima, para a Buritis Comunicações, controlada pelo deputado estadual eleito Rodrigo Jucá (PMDB), filho do senador Romero Jucá (PMDB).

LOIDE GOMES, ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S.Paulo

21 de dezembro de 2010 | 00h00

O pedido de investigação foi feito por Geraldo Magela Fernandes da Rocha, que se apresenta como "ex-laranja de Jucá" e acusa o promotor Luiz Carlos Leitão de "engavetar" o processo. Ele nega e diz cumprir os prazos legais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.