Promotoria prende 18 acusados de tráfico de drogas no PR

Um trabalho da Promotoria de Investigação Criminal (PIC) de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, levou à prisão 18 acusados de pertencer a uma quadrilha que forneceria drogas para vários Estados, nesta segunda-feira, 18. Outros dez mandados de prisão ainda devem ser cumpridos. De acordo com a PIC, essa quadrilha seria um dos fornecedores para as facções criminosas Primeiro Comando da Capital (PCC), em São Paulo, e Comando Vermelho e Terceiro Comando, do Rio de Janeiro. A quadrilha agiria ainda em Minas Gerais e no Rio Grande do Sul.De acordo com a promotoria, o grupo é comandado por Roberto Tenório Bezerra, que está preso desde maio no presídio de Charqueadas, no Rio Grande do Sul. Mesmo na prisão, ele continua dando as cartas. Foram apreendidas mais de 11 toneladas de drogas, além de dez carros e uma moto. Os mandados foram cumpridos em várias cidades do Paraná, além da cidade do Rio de Janeiro, Presidente Bernardes (SP), Caraguatatuba (SP) e Charqueadas (RS). Pelas investigações, a quadrilha foi formada há cerca de dez anos, inicialmente apenas por moradores de Foz do Iguaçu, onde ficou conhecida como "a firma". Mais tarde, o grupo organizou-se com a chefia de Bezerra e passou a negociar com traficantes de outros Estados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.