Promotoria vai à Justiça por mais vagas

Após seis meses de negociações frustradas com a Prefeitura, a Promotoria da Infância e da Juventude passou a pleitear na Justiça novas vagas em creches e pré-escolas no Município. Em 15 dias, já foram ajuizadas 15 ações em nome de cerca de 4 mil crianças de 0 a 5 anos. A Justiça já concedeu liminar a favor de algumas crianças. Pelo acordo antigo, seriam criadas 16 mil vagas por ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.