Proposta de delegacia para torcedor e alegação de esquizofrenia de intérprete de surdos são destaques desta quinta

700 mil pessoas na malha fina e baixo crescimento do G-20 no 3º tri também repercutiram

O Estado de S. Paulo

12 Dezembro 2013 | 17h41

A proposta apresentada pelo governo federal de criar delegacias do torcedor e a alegação do intérprete de sinais Thamsanqa Jantjie de que sofreu de esquizofrenia durante o funeral do ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela foram as principais notícias desta quinta-feira, 12. Veja esses e outros assuntos que estiveram em evidência ao longo do dia:

Governo propõe criar delegacias do torcedor e cadastro de brigões.

Intérprete de surdos em funeral de Mandela atribui erro à esquizofrenia.

Mais de 700 mil estão na malha fina; consulta ao último lote do IR sai na segunda.

PIB do G-20 cresce 0,9% no terceiro trimestre; Brasil tem o pior desempenho.

Papai Noel é instalado na Avenida 23 de Maio, centro de São Paulo (Foto: Nilton Fukuda/Estadão)

Após chuva, Rio tem três mortos e um desaparecido.

Advogado da Portuguesa afirma que avisou clube sobre punição de 2 jogos.

Aécio: 'Se ficar provado o pagamento de propina, tem que ir para a cadeia'.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.