Proposta é bem recebida no setor

O presidente da Associação Brasileira de Aviação Geral (Abag), Adalberto da Costa, acredita que, com uma secretaria-executiva coordenando os demais órgãos do setor aéreo, o ministro Nelson Jobim poderá trabalhar melhor. ''''Qualquer ministro deve ter alguém para centralizar informações'''', afirma. Fontes do Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea) afirmaram que a secretaria é uma ''''idéia bem-vinda'''' e poderá resgatar o poder do antigo Ministério da Aeronáutica. O mesmo pensa a presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas, Graziella Baggio. ''''Meu único medo é que um militar assuma a direção. Isso seria um retrocesso.''''

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.