Prossegue rebelião em Franco da Rocha

A rebelião dos presos da penitenciária de Franco da Rocha, na Grande São Paulo, iniciada por volta das 14h30 de ontem (27), continua, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP). As negociações recomeçaram por volta das 7h30 de hoje e ainda não há informações sobre as reivindicações dos detentos, mas segundo a SAP, eles devem pedir transferência.A rebelião começou após uma tentativa de fuga frustrada. Trinta funcionários do presídio ainda são mantidos reféns. Não há informações sobre feridos. A penitenciária tem capacidade para 852 presos, mas abriga 1.276.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.