Protesto contra a Copa em Salvador ganha adesão de estrangeiros

Cerca de 50 manifestantes percorreram alguns dos mais conhecidos pontos do Pelourinho; turistas demonstraram apoio e tiraram fotos

Tiago Décimo, O Estado de S. Paulo

16 de junho de 2014 | 18h11

SALVADOR - Um protesto pacífico contra a realização da Copa do Mundo, realizado na tarde desta segunda-feira, 16, no Centro Histórico de Salvador, chamou a atenção de torcedores alemães e portugueses que foram ao local após a partida entre as seleções dos dois países, disputada na Arena Fonte Nova, a pouco mais de um quilômetro dali.

Com faixas e cartazes, alguns escritos em inglês, a maioria com dizeres contra a Fifa e contra o governo federal, os cerca de 50 manifestantes percorreram alguns dos mais conhecidos pontos turísticos do Pelourinho enquanto os torcedores chegavam ao local. Curiosos, alguns turistas mostraram sinais de apoio ao movimento e tiraram fotografias. O protesto foi encerrado pouco depois das 17 horas, sem registro de confusão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.