Protesto de motoristas e cobradores para centro de Recife, Pernambuco

Trabalhadores decidiram iniciar uma greve nesta quarta-feira com o objetivo de reivindicar reajustes salariais

Angela Lacerda, estadão.com.br

03 de julho de 2012 | 20h17

RECIFE - Motoristas e cobradores de ônibus fizeram um protesto no início da noite desta terça-feira, 3, no centro de Recife, em Pernambuco, paralisando o trânsito e provocando transtornos aos motoristas no horário de pico.

Os trabalhadores decidiram em assembleia iniciar a greve nesta quarta-feira, 4, por tempo indeterminado, com o objetivo de reivindicar reajustes salariais.

Muitos deles abandonaram os veículos na Avenida Conde da Boa Vista, um corredor de ônibus, travando o trânsito em toda a área central. Parte dos veículos teve os pneus furados. Quem voltava para casa foi surpreendido pela manifestação e dificuldade extra para voltar para casa.

Os motoristas não aceitaram a proposta patronal de reajuste salarial de 8,49%. Os trabalhadores desejam um aumento de 30%.

Na quarta-feira passada, dia 27, os motoristas e cobradores fizeram uma greve de advertência. A região metropolitana do Recife, que inclui 14 municípios, é servida por uma frota de cerca de três mil ônibus. Cerca de 2 milhões de pessoas usam o serviço.

Tudo o que sabemos sobre:
Grevemotoristas e cobradoresRecife

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.