Protesto de passageiros tumultua M?Boi Mirim

Um dia após o prefeito Gilberto Kassab (DEM) e o secretário municipal de Transportes, Alexandre de Moraes, insinuarem que os recentes protestos e acidentes ocorridos na zona sul poderiam ser sabotagem, outra manifestação parou o trânsito na Estrada do M?Boi Mirim. O motivo foi um ônibus que passou direto por um ponto lotado.O tumulto em frente do Terminal Guarapiranga começou por volta das 8 horas. O fiscal teria mandado um ônibus lotado, que seguia para Jabaquara, passar direto. "Três senhoras começaram a discutir com ele. Elas ficaram na frente do coletivo que vinha atrás", contou a ajudante de cozinha Roseli de Almeida, de 36 anos. A via foi bloqueada por 15 minutos.O protesto só não foi maior porque a Polícia Militar dispersou os passageiros em uma segunda tentativa de bloqueio. Dessa vez, a interdição seria no cruzamento com a Avenida Guarapiranga. Dois homens foram detidos. "Não fiz nada. Fui algemado como bandido", disse o balconista Sebastião Lobo. Ele contou que apenas tinha decidido seguir o caminho a pé depois que o protesto parou a circulação de ônibus. Após o registro da ocorrência, Lobo foi liberado. Além dele, um outro rapaz de 16 anos foi detido.A Companhia de Engenharia de Tráfego informou que o congestionamento no local chegou a 3 quilômetros. A Secretaria Municipal de Transportes disse que até o início do protesto os ônibus fluíam normalmente no corredor M?Boi Mirim.

Camilla Rigi e Marcela Spinosa, O Estadao de S.Paulo

29 de março de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.