Protesto de perueiros fecha prefeitura do Recife

Desde às 4h da manhã de hoje um grupo de perueiros estão na frente do prédio da Prefeitura do Recife protestando contra a lei que proíbe o acesso de lotações às ruas centrais da cidade. Por causa do protesto, as atividades no prédio central da Prefeitura foram suspensas. O Batalhão de Choque da Polícia Militar está em estado de alerta. A polícia informa que disponibilizou 30% do contingente para as mediações da prefeitura e também do Palácio do Campo das Princesas, sede do governo estadual que, neste momento, está cercada por policiais.Os dois principais sindicatos dos perueiros, SindRecife e Sindkombi, realizaram assembléias no fim da noite de ontem em vários pontos da região metropolitana do Recife, onde optaram pelo protesto até as últimas conseqüências. Além da grande concentração de perueiros na frente da Prefeitura, existem outros pontos de concentração no bairro em Boa Viagem e nas cidades de Paulista e Jaboatão. O trânsito na cidade está parado em alguns pontos.A população está com medo da reação dos perueiros, que são suspeitos de depredarem vários ônibus da semana passada para cá, ferindo gravemente um homem. O Disque-Denúncia da cidade iniciou uma campanha contra as depredações dos ônibus, oferecendo recompensas que variam de R$ 500 a R$ 10 mil, para quem oferecer informações que levem à prisão dos vândalos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.