Protesto fecha Marginal do Tietê por 2h

Um protesto por moradias que, segundo os manifestantes, tinham sido prometidas pela Prefeitura, e contra desapropriações de uma favela próximada Ponte Júlio de Mesquita Neto, na zona norte de São Paulo, causou congestionamento de 1 quilômetro, às 19h46 de ontem, na pista local da Marginal do Tietê, sentido Ayrton Senna. Os manifestantes queimaram pneus na via. A situação só se normalizou por volta das 20h44, com a chegada de PMs e de homens dos Bombeiros ao local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.