Protesto gera 17 km de lentidão na Fernão Dias

O motorista que retorna do feriado prolongado de Corpus Christi para São Paulo enfrenta 17 quilômetros de trânsito lento, inclusive com paralisações, na rodovia Fernão Dias (São Paulo-Belo Horizonte), entre as cidades de Atibaia e Mairiporã. A Polícia Rodoviária Federal informou que o tráfego pode ficar ainda mais difícil, porque moradores da região da Mairiporã teriam bloqueado a pista, no início da noite, na altura do quilômetro 55, ao fazerem uma manifestação que pede a construção de uma passarela naquele trecho da rodovia. A Polícia Rodoviária foi informada do protesto por motoristas, enviou uma viatura para o local, mas ainda não tinha confirmação da manifestação, às 19 horas.O trânsito na rodovia Régis Bittencourt (São Paulo-Curitiba), no sentido de São Paulo, está acima do normal, com excesso de veículos. De acordo com o Desenvolvimento Rodoviário S.A. (Dersa), a rodovia tem dois quilômetros de morosidade, a partir do quilômetro 49, na região de Atibaia.De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), na Rodovia Tamoios, o congestionamento é de quatro quilômetros, entre o 69 e o 73, na região de Caraguá.Na Rodovia Raposo Tavares, o trânsito está carregado entre os quilômetros 45 e 43, em Vargem Grande, segundo a ViaOeste, concessionária da estrada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.