Protesto nas Marginais

Cerca de 25 caçambeiros saíram em comboio ontem pela Marginal do Tietê para protestar contra as medidas da Prefeitura. Segundo Almir Macedo Pereira, presidente do Sindicato dos Condutores em Transportes Rodoviários de Cargas Próprias (Sindicapro), o intervalo permitido para circulação dos caminhões, entre 10 e 16 horas, não é suficiente para os motoristas manterem seu ganho mensal, que depende da quantidade de viagens feitas por dia. Os manifestantes começaram a passeata na Ponte da Vila Guilherme, por volta das 11 horas, e se deslocaram até a Ponte do Jaguaré, na Marginal do Pinheiros. Lá, fizeram o retorno e se dispersaram próximo da Ponte Nova Cepasa, à 14 horas. O protesto causou 6,7 quilômetros de congestionamento, entre a Ponte da Casa Verde e o acesso à Bandeirante, às 12h30.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.