PSB apoia tucano e confirma operação 'Dilmasia' em Minas

O PSB mineiro confirmou ontem o apoio formal ao governador Antonio Anastasia (PSDB) na sucessão estadual, formalizando assim a operação "Dilmasia" - isso porque, na disputa presidencial, os socialistas estão com a petista Dilma Rousseff. Informalmente, o PSB mineiro também dará apoio ao ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT), candidato ao Senado, e ao mesmo tempo pedirá votos para o ex-governador Aécio Neves (PSDB) - adesão já batizada de "Pimentécio".

, O Estado de S.Paulo

18 de junho de 2010 | 00h00

Aécio, que se aliou a Pimentel em 2008 para eleger o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB), fez questão de participar do anúncio. Os socialistas estavam inclinados a se aliar ao PT na eleição mineira se o ex-prefeito fosse o candidato a governador. Como o partido optou pelo ex-ministro Hélio Costa (PMDB), o caminho natural do PSB foi se coligar com o PSDB, / EDUARDO KATTAH

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.