PSDB aposta em prefeita negra de olho no popular

A apresentadora Ana Hickmann não será a única estrela feminina na festa dos tucanos de hoje. Para falar em nome das mulheres do partido, o PSDB convidou Judite Botafogo (foto), prefeita de Lagoa do Carro (PE). Negra, ela fala direto ao eleitor feminino e de baixa renda. Encaixa-se no figurino que acabou por se tornar caro numa eleição onde haverá Marina Silva e Dilma Rousseff como adversárias do PSDB.

, O Estado de S.Paulo

10 de abril de 2010 | 00h00

A prefeita tucana não faz parte dos quadros tradicionais do partido, mas aparece como um símbolo importante numa eleição em que os tucanos se esforçarão em mostrar que sabem fazer um "governo popular", segundo expressão usada pelo ex-governador José Serra em sua despedida do Palácio dos Bandeirantes.

A tucana foi convidada para o evento apenas na tarde de ontem. A presença dela como oradora, no entanto, ainda dependia da aprovação de Serra. O partido tratou a questão com discrição para não causar ciúme em outras tucanas que, mais engatadas na máquina partidária, não foram chamadas para discursar.

Não é a primeira vez que Judite é convidada para estrelar um evento do partido. Em 2009, quando Serra foi ao Recife encontrar o ex-governador de Minas Aécio Neves, que naquela ocasião ainda sustentava o seu nome como pré-candidato ao Planalto, a prefeita foi chamada. Judite Botafogo, primeira prefeita negra eleita em Pernambuco, é professora universitária e tem mestrado e doutorado em Teoria da Literatura. / A.P.S, C.S. E J.D.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.