PSDB busca solução para montar palanque em SC

O pré-candidato do PSDB à Presidência, José Serra, entrou em campo para desembaralhar a situação política em Santa Catarina, um dos Estados em que o palanque está mais indefinido nesta pré-campanha.

Julia Duailibi, Ana Paula Scinocca, O Estado de S.Paulo

30 de abril de 2010 | 00h00

A três dias de desembarcar em Camboriú (SC), onde deve participar de encontro evangélico, Serra reuniu-se com o ex-senador Jorge Bornhausen (DEM)e o pré-candidato ao governo catarinense Raimundo Colombo (DEM), com quem tratou do impasse regional. No encontro, no começo da noite de anteontem em São Paulo, o tucano recebeu dos aliados esboço do programa de governo do DEM para o Estado: Santa Catarina tem pressa.

PSDB e DEM querem reconstruir a aliança tríplice em Santa Catarina, com a participação do PMDB, formando um palanque único no Estado para Serra.

A aliança tríplice, que governou Santa Catarina nos últimos anos e estava unida em torno de Colombo, esfacelou-se. Tanto o PMDB, com Eduardo Pinho, quanto o PSDB, com o governador Leonel Pavan, ameaçam lançar candidaturas próprias. Na avaliação dos tucanos, a formação de mais palanques enfraquecerá a candidatura de Serra no Estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.