PSDB de Minas fala de Aécio na vice de Serra

Secretário-geral vê 'grande desejo' da militância e dos mineiros por essa chapa puro-sangue

Eduardo Kattah, BELO HORIZONTE, O Estado de S.Paulo

21 de maio de 2010 | 00h00

O secretário-geral do PSDB mineiro, deputado estadual Lafayette de Andrada, disse ontem que existe "um grande desejo" da militância do partido e dos "mineiros de um modo geral" para que o ex-governador Aécio Neves aceite compor como vice na chapa encabeçada pelo presidenciável José Serra.

É a primeira vez que um dirigente tucano mineiro tratou abertamente com simpatia a hipótese de uma chapa puro-sangue envolvendo os ex-governadores dos dois Estados mais populosos do País.

Andrada, contudo, ponderou que Aécio tem reiteradamente afirmado que será candidato ao Senado. "Existe um grande desejo da militância do PSDB, enfim, dos mineiros de modo geral, de que o ex-governador Aécio Neves seja o vice de José Serra, candidato a presidente da República", disse o deputado, em entrevista à rádio Itatiaia.

Para o secretário-geral do PSDB de Minas, a opinião generalizada é que a presença do tucano mineiro na chapa seria um "grande reforço" e teria potencial de alavancar a candidatura Serra. "São avaliações que devem ser feitas", observou. "Temos de aguardar a chegada do Aécio e ele é que vai dizer o que pretende fazer."

Ao Estado, Andrada atribuiu as novas especulações em torno do ex-governador a uma "central de boataria". Admitiu, porém, que no PSDB de Minas existem duas "linhas de raciocínio" sobre a melhor estratégia para a reeleição do atual governador, o também tucano Antonio Anastasia.

O deputado lembra que Aécio já deixou claro que sua prioridade é trabalhar para fazer o sucessor e manter o controle sobre o Estado. Segundo ele, uma ala acredita que como candidato ao Senado o ex-governador estaria mais presente na campanha estadual e seria mais útil a Anastasia.

"Outros já avaliam que, como (candidato a) vice-presidente ele daria mais peso para Minas na campanha nacional e isso repercutiria positivamente para o candidato Anastasia." Aécio deverá retomar as viagens com Anastasia, que é o pré-candidato tucano ao governo do Estado, no dia 28 com uma visita a Ipatinga.

Na avaliação de Anastasia, Aécio terá um "peso decisivo" na sua campanha no segundo semestre. "É um grande nome não só em Minas, mas no Brasil", destacou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.