PSDB e PFL entram com representação no TSE contra Lula e Mantega

Os advogados do PSDB e PFL protocolaram na noite desta quinta-feira no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) representação contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e contra o ministro da Fazenda, Guido Mantega, sob a alegação de uso da máquina pública para a campanha eleitoral. O alvo da representação é a entrevista que o ministro Guido Mantega concedeu na terça-feira, no Ministério da Fazenda."O primeiro representado (Mantega) usou a sede do Ministério da Fazenda e servidores ali lotados para convocar e conceder entrevista coletiva aos jornalistas que fazem a cobertura das atividades dos órgãos públicos, com finalidade de promover a candidatura do presidente candidato à reeleição", diz o documento.Conforme os dois partidos, Mantega usou também a página na internet mantida com recursos públicos "para fazer apologia do governo do candidato à reeleição".PSDB e PFL pedem que Mantega seja condenado ao pagamento de multa e que o presidente Lula tenha cassado o registro de candidatura à reeleição.Pedem ainda a concessão de liminar para que seja retirado da página do Ministério da Fazenda na internet o conteúdo da entrevista da última terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.