PSDB pede apuração sobre reunião entre Dilma e Lina Vieira

O PSDB anunciou ontem ter pedido à Procuradoria-Geral da República que apure informação de um ex-funcionário do Palácio do Planalto segundo quem, em 2008, a então ministra da Casa Civil Dilma Rousseff teria se reunido com a secretária da Receita Federal Lina Vieira.

MARIÂNGELA GALLUCCI, O Estado de S.Paulo

24 de julho de 2010 | 00h00

Segundo o PSDB, no encontro teria sido discutida uma investigação da Receita sobre a família do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Lina disse no passado que foi pressionada para acabar com as apurações. Mas Dilma afirmou que o encontro não ocorreu.

Em entrevista recente à revista Veja, o técnico de informática Demétrius Felinto disse que há imagens que comprovariam o encontro, com data, hora e local. De acordo com ele, o Gabinete de Segurança Institucional teria escondido as imagens.

Na representação, o partido pede que sejam apurados "eventuais atos de improbidade administrativa a envolver a Presidência". "Sem falar no envolvimento da ex-ministra Dilma Rousseff no episódio de interferência de natureza fiscal", ressaltou o partido na representação.

Para esclarecer os fatos, segundo a representação, o Ministério Público deve requisitar os procedimentos adotados pelo GSI, bem como documentos comprovando a "suposta destruição das imagens".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.