Psicóloga é assassinada por ladrões em Diadema

Ao sair de uma reunião em família, na casa de uma tia na Rua Cecília Quezalés de Andrade Bonani, na Vila Maria Leonor, em Diadema, a psicóloga Renata Mazieri, de 25 anos, foi assaltada por três marginais que exigiram as chaves de seu Gol. Ela já havia entrado no carro e, quando foi tirar o cinto de segurança, um dos ladrões disparou sua arma atingindo-a na cabeça. Ela morreu ao ser socorrida no Pronto-Socorro Central do município.Passavam alguns minutos de 20h30 desta terça-feira quando Renata retirou-se da casa da tia. Pouco depois, ouviu-se o barulho do tiro e os familiares saíram para ver o que havia ocorrido. Rodnei Mazieri viu a filha baleada e a socorreu, mas seu esforço foi em vão. O inquérito de tentativa de roubo, seguida de morte, foi instaurado no 3º DP de Diadema.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.