Psicóloga sofre seqüestro-relâmpago em São Paulo

A psicóloga M.S., de 52 anos, foi vítima de um seqüestro-relâmpago praticado por três bandidos, entre eles dois menores, na noite de sexta-feira, na zona sul de São Paulo. Ela estava no seu Vectra prata quando foi dominada por Cristiano Machado de Souza, de 18 anos, e por dois menores de 13, que portavam pistolas de brinquedo e foi levada até um caixa-eletrônico, de onde os bandidos conseguiram sacar R$ 500,00.O trio resolveu levar a psicóloga até o shopping Morumbi, ainda na zona sul. Um dos menores e Cristiano ficaram no veículo no estacionamento, enquanto o outro adolescente entrou no shopping com a vítima, passando-se por filho dela, chamando-a constantemente por "mamãe" para realizar compras.Um dos seguranças do shopping desconfiou, abordou a mulher e a criança e, ao verificar que era um assalto, chamou a Polícia Militar. Policiais militares da 1ª Companhia do 12º Batalhão foram acionados e detiveram os três, um dentro do prédio e os outros dois no estacionamento.O delegado Ricardo Forti, do 96º Distrito Policial, do Brooklin, onde o caso está registrado, indiciou Cristiano por roubo qualificado corrupção de menores. Os dois adolescentes serão encaminhados à Febem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.